O que comer em Orlando

Eis que chego para falar sobre mais um item da viagem dos sonhos. Hoje o tema é C.O.M.I.D.A, item super importante né? Mas claro que por aqui já rolou outras infos legais: Passaporte e Visto: dicas e links úteis – Voando pela Azul – Realizando sonhos: #partiu Disney – Elis o Filme – Resenha – Todos eles com informações, dicas ou um pouco de conversa né?! Ah! Não esqueça de ver o Vlog, tá incrível.

Um item que nós achávamos que iriamos economizar na viagem seria a comida. A maioria das opções de comida em Orlando mais em conta sempre era fast-food.

Comer porcaria não foi nenhum sacrifício, e aproveitamos para conhecer vários restaurantes que ainda não tínhamos conhecido. Mas tudo tem seu limite.

No primeiro dia fomos direto às compras e por isso comemos no Outlet Premium, Mozão escolheu o FiveGuys que ele queria conhecer muito e pagou 15 dólares, já meu cunhado, Luis, e eu optamos por algo que tivesse mais quantidade e menos preço, e por isso paramos em um chinês e pagamos por um prato de macarrão + duas guarnições 8 dólares.

No segundo dia o café da manhã foi por conta de uma promoção (que explico melhor depois) e por isso não pagamos, foi massa porque foi bem típico.

Uma das combinações que mais fiz nos cafés da manhã nesta viagem foi misturar mel (aquele típico americano) com bacon. Nossa senhora, pense na perdição.

Pra facilitar e diminuir esse post – rsrsrs- vou listar tudo o que eu lembrar pelos horários que comemos. Então vamos lá?

Café da manhã:

  • Farmácia Wallgreen:

Essa farmácia ficava perto do hotel. Eu e meu boy dividimos um sanduíche italiano de 4 dólares + um expresso gelado da Dunking Dunnuts, nossa amei de verdade.

  • Ponderosa:

Com toda a certeza essa é a opção quando relacionamos custo x benefício que mais valeu a pena. Lá você paga 8 dólares pelo buffet livre + bebida que era em torno de 2 dólares ( a vontade). Mas se você não quiser pode ficar só na água de graça.

O buffet tinha uma variedade bem grande com doces, salgados e até mesmo comida tipo salada, arroz, feijão. Pra que gosta de omelete ou ovo frito eles faziam na hora também da maneira que a pessoa gosta. Pra quem come muito esse restaurante vale super, já que você consegue ficar com o bucho cheio durante boa parte do dia. 😝

  • IHOP:

Conhecemos ele nos últimos dias de viagem (já estávamos enjoados das outras opções) e preciso dizer: que descoberta.

Lá as opções são a la carte, mas com combos que servem muito bem. O forte da casa são aquelas panquecas americanas. O café você paga em torno de 2 dólares e ficam te servindo a vontade.

6b8a8cd8-20a5-4c98-862f-ab453e94f67a

Os combos no IHOP ficavam em torno de 15 dólares por pessoa. E além de ter opções com panqueca tinham outras que eram sanduíche e, ovos, bacon, linguiça. Tudo bem típico.

Almoço:

  • Taco Bell:

Opção gostosa pra conhecer, porém não vá com muita fome. Só o burrito Xxl é realmente “grandinho”. Gastamos em média de 6 dólares por pessoa.

  • KFC

Jurávamos que iriamos muito no KFC, já que ele estava localizado ao lado do nosso hotel e ainda era 24 horas. Porém a experiência não foi lá essas coisas e mesmo dando 13 dólares para os três, confesso que achei muita gordura e no final constatamos que era pouca comida. Mas era gostoso.

A parte engraçada foi engraçado na hora de escolher o refrigerante, escolhemos tudo errado um parecia água com gás e outro sabor parecia halls – ecaaaaaa.

Jantar

  • Pizza: perto do hotel tinha vários opções de pizza, em três ocasiões esse foi nosso prato, mas optamos por ir em lugares diferentes

Halal e Brodway foram outras duas opções bem coladas no hotel. Descobrimos que nos EUA eles preferem a pizza super fina, mas nesses pizzarias eles vendem também a opção grossa. Na Broadway New York Pizza compramos uma pizza grande de pepperoni + refri de 2 litros e deu 20 dólares. Foi caro, mas encheu muitooooooo o bucho. 😬

Pizza Hut: vimos uma promoção na tv que eles tinham pizza por 8 dólares então é claro que tínhamos que ir (ah! Se a gente soubesse antes). Chegando lá descobrimos que era apenas para viagem. Mas pedimos mesmo assim. Lá em Orlando era possível montar a sua pizza, o que não acontece aqui no Brasil e achei mara. Porque fizemos um sabor único. 😂

Não rolou foto porque comemos numa praça no meio da rua. 😝 #somosousados

  • Mc Donalds

Com toda certeza as opções com melhor custo benefícios foram os fast food clássicos como a Mc Donalds que dava 13 dólares para os 3 e comemos bem. Agora migos algo a declarar: o gosto não é tão parecido e muito menos as opções de cardápio. Ah! E o café da manhã não é barato igual aqui no Brasil. Chegamos a ir no Burguer King também o preço foi bom e o gosto era mais parecido.

O lance mais vantagem de qualquer desses fast food era a bebida. Comprávamos apenas 1 para os 3 e assim economizávamos.

16a5cc2c-5c40-4333-b2cc-6fa5288bd63e17e65b0e-985a-4617-a15c-26c4e166272c

Nos parques

A gente tentou ao máximo não comer muito nos parques, mas em alguns momentos não foi possível. Infelizmente acabei não tirando foto de tudo, mas vou listar tudo o que lembrar.

  • Epcot: Com toda a certeza foi o lugar que melhor comemos quando falamos de parques. Escolhemos ir na parte Alemã, e lá compramos 3 hot dog + refrigerante + mega pretzzel = tudo deu 35 dólares para 3 pessoas. Apesar de caro ficamos bem satisfeitos e estava delicioso.

45d10fa2-057c-4794-8700-1f92743c4e5f

  • Hollywood Studios: O lanche por lá também foi bem gostoso. Fomos num local chamado Pizzaria Rizzo (próximo ao local onde tem os Smurfs) e lá tinha opções de pizza individual, infantil e salada. A pizza vinha também com uma mini salada. E gente era bem gostoso. Tudo de uns 30 dólares (o casal).

img_1058

  • Universal: No parque da universal comemos apenas 1 dia e fomos de fast food, no restaurante do Krusty. Eu peguei um sanduíche de costela que estava deliciosa, já Zé pegou um hambúrguer bem grande, porém ele não gostou do sabor, disse que tinha gosto de carne industrializada. Não lembro ao certo o valor, mas para duas pessoas saiu em torno de 30 dólares.

img_1520

No Animal Kindong comemos num restaurante chinês que foi bem mais ou menos, era caro e vinha pouco não recomendo comer neste parque.

Lanches

Claro que não era só de refeições que a gente vivia né? rsrs

Logo no primeiro dia inventamos de comprar um sacão de nachos + um molho apimentado. Era gostoso, mas praticamente não comemos. O que a gente realmente comeu bastante de lanche foram com doces.

Eu, por exemplo amei o biscoito de brownie e o biscoito Milano, ambos era vendidos na farmácia do Walggrens e custam em média de 4 dólares (acho que até menos). O café escolha sempre que possível Starbucks, é mais caro, porém é gostoso. O café da Disney é péssimo, mas é barato, mas era tão ruim que não sei se vale nem pra esquentar a alma. rsrsrs

  • Cinnabon

Eu conheci esse lugar num programa de televisão, e por ser louca por canela queria muito experimentar. Fomos na loja que tem na Universal Studios, os preços por lá são bem acessíveis, pelo que lembro era menos e 10 dólares um combo com 1 Cinnamon + bebida. E ele é beeeem grande e enche bem rápido. Mas uma dica: experimente o clássico, é bem mais gostoso que o Cinnamon Pecan (achei super enjoativo).

Agora preciso confessar, meu estomago estava já tão prejudicado de tanta besteira, que depois que comi esse doce passei mal pelo resto da viagem. Ainda bem que comi já nos últimos dias, porque pesou e muito. 😦

Bom gente, depois desse post quilométrico fico por aqui. Creio que apresentei tudo que conseguimos comer pela viagem. rsrsrs Mas se você quiser saber algo que esqueci de comentar, tiver alguma dúvida. Pode gritar que eu tento ajudar.

Beijinhos e até mais! ❤

Anúncios

Voando pela Azul

Poucos sabem, mas aqui em Recife há viagem direta para Orlando através da Azul. Quando compramos a passagem muitos perguntaram se pra Miami não estava mais barata, mas na época estava o mesmo valor.

Fiquei bem receosa em comprar por esta companhia pelo fato de já ter tido problemas com ela. E advinha? Tivemos novamente.

Compramos a passagem para sair dia 4 de dezembro, uma segunda-feira, e menos de 12 horas antes o agente de viagens nos liga avisando o cancelamento do voo. Nossa isso foi uma balde de água fria.

Mas ok, passou e conseguimos embarcar.

Comidinhas durante o voo: 

Uma das minhas maiores preocupações era saber se teria comida no avião, afinal 8 horas de voo com bucho vázio não dava né?! 😂

O cardápio eles entregam em formato de cartão postal, achei fofo demais e até guardei de recordação 😝, mas nele não fala exatamente o que será, é preciso perguntar para os comissários de bordo.

Na ida e na volta minhas escolhas foram macarrão, por motivos óbvios. A diferença foi que na era bolonhesa e na volta de queijo. Não vou dizer que era maravilhoso, mas muito ok para uma comida de avião e cumpriu com o objetivo de não passar fome. Além da comida vinha sempre um potinho de salada e pão (mas o pão era gelado 😩).

Os lanches achei o da ida mais gostosinho, o da volta confesso que nem lembro, eram 5 da manhã. #sorry

Entretenimento

Bom, além da comida eles oferecem entretenimento. 🙏🏼 #amém. Com uma opção bem variada de filmes, seriados e desenhos da pra passar o tempo de voo tranquilamente, inclusive fiz post sobre um dos filmes que assisti lá. O painel também oferece informações sobre o voo. Era ótimo acompanhar.

9b67f0aa-666a-40b0-9ca5-e8134f6ea3d0

  • Outras comodidades que eles oferecem: cobertor, travesseiro, fones de ouvido, tapa olho e meias.

Na volta tivemos a sorte de nos colocarem nas poltronas de emergência ganhando assim mais espaço. Porém confesso que preferi o apertadinho porque tinha onde colocar as pernas na hora de dormir. 😂

Além do detalhe uó da ida, na volta tivemos outra surpresa: simplesmente quebraram minhas 3 malas incluindo uma novinha. Pense na chateação.

cfe661fa-3be8-4feb-9c86-6d697308cbf2

Caso ocorro isso com você (vamos torcer que não) o processo é o seguinte: tente verificar a mala assim que retirar da esteira achando algo errado procure alguém da companhia aérea ainda dentro da sala de desembarque. Eles irão abrir uma requisição para você levar sua mala até uma empresa para ser avaliado. No meu caso eles irão concertar duas e uma ainda estão vendo.

Bom gente, minha experiência foi essa. Espero que tenham gostado, e me contem a de vocês, sempre é bom saber como funciona com outras companhias. 😀 Beijinhos e até mais!

Resenha: Tartarugas até lá embaixo.

Se você está procurando um livro cheio de pequenos significados e que ao mesmo tempo seja gostoso de ler esse é o “Tartaruga até lá embaixo” do autor John Green. Inclusive ele é um dos meus autores favoritos – pra quem não sabe ele é o mesmo autor do livro “A culpa é das estrelas”. Pasmem! Mas notei que nunca tinha feito uma resenha sobre os livros dele. Ele consegue contar histórias profundas de uma maneira que a gente nem nota o quão profundo é.

Esse livro em questão nos faz questionar quem nós somos, quem queremos ser, como queremos viver. Queremos ser reféns do que achamos que somos ou ser quem quiser?

Aza, a personagem principal, nos faz ver o quão frágil e o quão forte uma pessoa pode ser é que aceitar não é o mesmo que se entregar.

Sobre o livro:

Editora: Intriseca

Preço: de R$ 18 a R$ 34.

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância -, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

Inclusive acho esse um bom livro pra presentear, independente da idade. Ah! E você encontra em lojas físicas com preço bom também. 😉

E aí, quem gosta desse autor também? Dele vocês já leram quais?

Kit Desamarelador – Garnier

Bom, antes de viajar eu tive a brilhante ideia de usar uma progressiva no meu cabelo SEM SABER se ela era compatível para cabelos loiros 🤭 Ou seja, deu meleca né gente?!

Todo o topo do meu cabelo ficou MUITO amarelado, aí começou a saga. Consegui antes de viajar suavizar boa parte do loiro amarelo e lá em Orlando comprei um shampoo pra ajudar e ajudou, mas não resolveu. Então decidi procurar outras alternativas (até leite morno botei 😂) aí lembrei de um produto que a Alice Salazar já tinha feito um publi.

Comprei o Kit Desamarelador da Garnier bem baratinho por R$ 14 e torci pra resolver. Porém Brasil, não resolveu. Eu mostrei no vídeo como fiz e o resultado.

DICA: Procure um profissional e na falta de dinheiro não faça. (Essa dica é um lembrete eterno pra mim, claro!)

Agora ficaremos como? Prendendo forever esse cabelo, porque não dá pra ficar olhando pra essa amarelo não. kkkkk #agentesentaechora – Um detalhe que não mencionei no vídeo, pois só notei depois, é que o produto super ressecou meu cabelo. Ou seja, além de não ter tido efeito, ainda danificou o que já não tava bom. Aff

Enfim, gente. Veremos as cenas dos próximos capítulos né?! rsrsrs

Passaporte e Visto: dicas e links úteis

Hoje começa nosso especial de viagens, como fui pra Orlando recentemente decidi compartilhar com vocês vários detalhes. E para começar os detalhes essenciais para fazer uma viagem internacional: Passaporte e Visto Americano.

Então vamos lá?!

Passaporte: 

O meu passaporte eu tirei faz uns 2 anos para a viagem de Buenos Aires (não precisa, mas era melhor que fazer identidade nova) na época lembro que foi fácil, só precisou de um catatau de documentos e chegou dentro de 1 mês. Mas recentemente saiu uma matéria dizendo que a quantidade de documentos irão diminuir.

Mas se você ainda não tem o passaporte, recomendo entrar neste site: Viagem e Turismo lá eles mostram todos os passos. 😉

9a47429e-cdbd-4ff1-8739-3021b3b7e191

Visto Americano:

O visto demoramos pra fazer, um pouco por medo de gastar dinheiro e de não conseguir. Você paga US$ 160 (cerca de 500 reais dependendo do valor do dólar) pelo visto B1/B2 (de turismo) para fazer algo que não sabe se vai rolar. Tenso né?! 😑

A primeira parte do visto é preencher um formulário bem grande pela internet: o Formulário DS-160, que inclusive é diferente para homens e mulheres, e depois você efetua o pagamento que pode ser via cartão ou boleto. Só após a compensação é que você pode agendar a foto e a entrevista. Essas etapas são feitas separavas e você só faz a entrevista se tiver feito a foto. Depois do pagamento esse processo durou uma semana. E foi muito mais simples do que eu esperava e quando sai do consulado até chorei 😂

Para fazer a primeira etapa nos guiamos por um site que explica TUDO, recomendo fazerem o mesmo: Solicitando Visto

  • Sobre a foto: A foto é o primeiro passo para conseguir o visto. No local não irão fazer perguntas, o foco é apenas a foto. É muito rápido. Nós levamos a documentação, porém nem pediram. Acho que só pediram comprovante de endereço. Outra questão importante é: na hora de receber o passaporte com o visto coloque para retirar em mãos, caso more na cidade do consulado, pois pode acontecer imprevisto. 😉
  • Sobre a entrevista:

Você só consegue marcar a entrevista após tirar a foto. Chegamos 10 minutos antes da hora marcada e conseguimos já entrar. Como eu e Zé moramos juntos (mesmo ainda não estando oficialmente casados) eles consideram a gente família e por isso fizemos a entrevista juntos. Ela perguntou basicamente a mesma coisa do site com a única diferença que na hora ela perguntou nosso salário líquido e no site foi o bruto. Esse processo não durou mais que 10 minutos e não pediu nenhum documento (apesar da gente ter levando um mói 😝). Você sendo aprovado eles ficam com seu passaporte e depois você vai buscar o documento.

Nessas duas fases não adianta chegar muito tempo antes e nem leve muito eletrônico e bolsas porque não entra com nada disso. Só leve a documentação.

Como vocês puderam ver na foto, eu usei um suporte passaporte, porém na hora de passar na imigração tanto no ida quanto na volta foi necessário retirar.

Bom gente, acho que seriam isso. Gostaram? Ainda tem alguma dúvida? Podem falar que se eu souber respondo. ❤

Elis o Filme – Resenha

Durante o voo de volta da Disney decidi assistir o filme Elís. Sempre tive vontade, mas como meu namorado não curti muito sempre acabo adiando (fora a correria do dia a dia).

O filme conta a trajetória da cantora dês da adolescência até sua morte. Mas apesar de ter essa questão que o torna bem pesado o filme é bem cantante e se você conhece as músicas então, aí que você aproveita mesmo. Eu cantei praticamente todas as músicas juntos. Rsrsrs

Eu notei que as músicas escolhidas correspondiam com as fases que a contará estava vivendo, fazendo que a gente entenda ainda mais o que elas representavam pra ela.

Vou deixar aqui duas músicas que adoro – foi difícil escolher. ❤️

Ps: eu particularmente achei que a atriz Andreia Horta ficou incrivelmente parecida com a cantora. Além disso, creio que quem gosta de música brasileira vai reconhecer vários nomes dos “personagens” já que são compositores, autores, músicas muito importantes para o país. 😉

Resultado de imagem para elis e andreia horte

Sinopse do filme Elis:

Cantora desde a infância, Elis Regina entra na vida adulta deixando o Rio Grande do Sul para espalhar seu talento pelo Brasil, a partir do Rio de Janeiro. Em rápida ascensão, ela logo conquista uma legião de fãs, entre eles o famoso compositor e produtor Ronaldo Bôscoli, com quem acaba se casando. Estrela de TV, polêmica, intensa e briguenta, a “Pimentinha” não tarda a ser reconhecida como a maior voz do Brasil, em carreira marcada por altos e baixos.

Se liga no Trailer:

 

Cuide-se Bem: Creme para Mãos versão miniatura.

Confesso que nunca fui muito de passar hidratante no corpo, e nas mãos então? Maginaaaa. Mas de uns tempos pra cá ando um pouco mais vaidosa nesse quesito. Uma das coisas que me ajudaram a ter interesse foi a textura e o aroma dos cremes Cuide-se Bem, da O’boticário.

Eu particularmente não gosto de hidratantes ralos, gosto de sentir que o creme fica sem me sentir lambuzada. rsrs – Ainda to querendo comprar o corporal dessa linha, porém por enquanto só tenho o das mãos (que aliás, acabou de tanto que realmente usei.)

Claro que preciso dizer que comprei primeiramente por motivos de: É FOFO! É meigo, e tudo que é fofo a gente quer comprar. HAHAHA – mas através dessa fofice adquirir um hábito maravilhoso.

Hoje sinto uma diferença tamanha da minha mão sem o hidratante, agora percebo o quão áspera ela fica sem. Então, agora usarei hidratante forever. rsrsrs

Sobre o produto:

A linha Cuide-se Bem Creme tem a versão super fofa e a versão mais comum. A diferença, além da fofice, está na quantidade x preço, que é bem grande inclusive. O tubo tradicional vem com 50ml e custa R$ 22 reais e o outro vem com 25ml e custa R$ 14 e pouquinho. O cheirinho que mais gostei foi o de Leite e Mel, marcante sem ser forte.

Preço: R$ 22,90

 

Capinha + Creme: R$ 28,90

Eaí gente, vocês costumam usar? Tem dicas? Adoro receber ideias novas e conhecer produtos também. Espero que tenham gostando. Beijinhos e até mais!

Playlist 2017: o que escutei esse ano

Hello amores! Hoje o post é aquele pra requebrar o esqueleto, ou nem tanto. HAHAHA

Decidi compartilhar com vocês as músicas que mais escutei nesse ano, e algumas novas que ando cantarolando por aí. Vamos lá? Agora é importante informa que: não são todas que escutei né?! Mas essas estão no repeat eterno. 😃

Não sei se vocês conhecem Rubel, mas sou bem viciadinha nessa música deles. Sempre tá no meu mix. 🙂

Pablo foi a sensação desse ano né mores? Confesso que de início quase não conhecia, mas no último mês ele entrou no repet da minha playlist. 😝

Anavitória foi com toda certeza a mais tocada por mim o ANO TODO. Isso a gente já inclui o mozinho Tiago Iorc, porque ele é MARAVILHOSO, já contei sobre esse vício aqui. HAHAHA

Mar Aberto eu conheci por alguma página do Facebook e simplesmente amei demais. É tão suave e fofo eles. ❤

Pink chegou com essa nova música e eu já me apaixonei gente. Tudo é maravilhosa dessa mulher né? E o clipe? Babadeiro.

Vou finalizar essa seleção com minha paixão da vida toda: Sandy. Que mulher, que artista! Essa música é tão linda. ❤

Eaí gente, me indiquem músicas. Fico refém do migo Youtube me sugerir coisas novas. kkkkkk – O que acharam da seleção? Claro que tem mais né?! Mas achei que essas representam bem como sou doidinha e eclética. 😝

Dá vontade de compartilhar cada música que escuto, mas íamos ficar aqui até ano que vem. E como boa parte é música velha vocês devem conhecer. hahaha

Resenha: Power Ranger 2017 – O Filme

Go! Go! Power Rangers… Se você é das antigas como eu, deve com TODA certeza ter cantado no ritmo né?!

Go! Go! Power Rangers… Se você é das antigas como eu, deve com TODA certeza ter cantado no ritmo né?! Só de falar no nome do filme: Powe Ranger, já fico querendo cantar. hahahah Então agora prepara a pipoca e o guaraná e simbora saber mais sobre o filme e minha opinião.

Sinopse: 

A jornada de cinco adolescentes que devem buscar algo extraordinário quando eles tomam consciência que a sua pequena cidade Angel Grove – e o mundo – estão à beira de sofrer um ataque alienígena. Escolhidos pelo destino, eles irão descobrir que são os únicos que poderão salvar o planeta. Mas para isso, eles devem superar seus problemas pessoais e juntarem sua forças como os Power Rangers, antes que seja tarde demais.

  • Curiosidade:

Pra quem não sabe já faz 24 anos que eles apareceram pela primeira vez, originalmente era um seriado. Mas também já teve outros dois filmes: Power Rangers: O Filme (1995) e Turbo – Power Rangers 2 (1997).

Confesso que assisti sem nenhuma expectativa, tava até com medo de ser muito ruim. Mas gente, foi muito bonzinho. Filme no estilo sessão da tarde sabe?! Até queria ter visto no cinema, mas fiquei com medo.

Os personagens tem personalidades bem atuais, e não seguem tanto os padrões comuns. Mas a estética do filme continua com a pegada do seriado.  O roteiro do filme foi bem feito, não fiquei com aquela sensação que estava faltando algo na história.

Quem já assistiu? Gostou? E quem não assistiu já pode se programar. 😉

Beijinhos e até mais!

 

Realizando sonhos: #partiu Disney

Esse post está saindo exatamente no dia que estou embarcando para realizar mais um sonho: Conhecer a Disney. ❤

Esse post está saindo exatamente no dia que estou embarcando para realizar mais um sonho: Conhecer a Disney. ❤ – Extra, Extra! A companhia aérea nos trolou e cancelou o voo. Só saímos na terça, dia 05.

Nossa, se você pergunta-se a Camila criança ela NUNCA iria imaginar que um dia estaria pisando nos EUA, e muito menos conhecendo esse mundo encantado.

As vezes imaginamos que realizar sonhos é muito difícil e por medo de nos machucar deixamos de sonhar, e consequentemente vivemos uma vida sem realizações.

Claro que não é fácil, as vezes é preciso um pouco de coragem, porque nem sempre será fácil ou simples. Mais creia: É POSSÍVEL.

Uma frase que Bianca Andrade, a Boca Rosa, fala muito é: Nada é tão nosso quanto nossos sonhos. Essa frase nunca fez tanto sentido na minha vida quanto agora.

Disney! EU VOU PRA DISNEY.

Minha viagem será de 14 dias, sendo 2 praticamente só de aeroporto. São umas 8 horas até lá, isso porque vamos de voo direto (Recife✈Orlando). Esse sonho irei compartilhar com meu Mozão lindão e com meu cunhado. Então, prepara-se para vídeos engraçados, estarei com dois seres que não gostam de foto e nem vídeo. kkkkkk

Bom a princípio nessa viagem teremos:

  • 3 parques da Disney
  • 2 da Universal
  • Tampa Garden
  • Outlets

otown

Claro que alguma coisinha ou outra pode mudar, por isso detalhes só na volta.

Aqui no blog pretendo falar sobre: Visto e Passaporte, Compras, Parques, Comida, Passagem aérea e hospedagem. Querem mais alguma info? Deixe nos comentários que preparo tudinho, agora partiu realizar sonhos!

 

Ansiedade me define

Tenho a doença que é o mal do século. Muitos podem achar besteira, mas como é difícil lidar. Como é difícil entender essa tal da ansiedade.

Pois é, estou nas estatísticas! Tenho a doença que é o mal do século. Muitos podem achar besteira, mas como é difícil lidar. Como é difícil entender essa tal da ansiedade.

Ela nos deixa angustiados, compulsivos, depressivos.

As vezes me pergunto em que momento o star aconteceu para chegar onde estou, e só consigo me lembrar do momento em que notei que o que estava me causando algumas pequenas doenças era a ansiedade.

Os sintomas podem variar, os meus são basicamente compulsão por comida e eventualmente por gastar. O segundo é um pouco mais fácil de controlar, afinal não quero morrer em dívidas, mas por não poder gastar eu COMO. E só noto quando já chego no estágio de passar mal. É triste, mas acontece.

Hoje TUDO me deixa ansiosa, mas ao mesmo tempo nem noto que estou. É uma confusão, eu sei! Mas é assim que é.

Uma luta diária de sentimentos que preciso trabalhar e que espero muito conseguir vencer. Ainda estou tentando encontrar a formula para vencer. Mas ei de encontrar um caminho pra viver bem, comigo, com meu corpo, com minha vida e com meu futuro.

ansiedade

Esse post é um desabafo, é um relato de algo que acontece comigo para você que talvez esteja passando pelo mesmo entender que não está só. E que não é fácil, mas a gente precisa muito tentar vencer. ❤

Juro que não gostaria que ansiedade me definis-se. Mas nessa fase atual ela me define. Define minhas escolhas, meu humor, meu peso. Vamos lutar juntas pelo fim desse NADA?!