Barraca do Beijo – Netflix

Nada melhor que dica de filme em plena sexta-feira, né mores? Quem me conhece sabe que AMO um filme sessão da tarde e sempre que tenho oportunidade aperto o play na Netflix. O último filme que assisti nessa vabi foi o filme “A Barraca do Beijo”.

Sinopse: 

Ellie (Joey King) se encontra em um romance proibido depois do seu primeiro beijo com o menino mais bonito da escola. Esse segredo coloca sua relação com seu melhor amigo em risco.

Bora combinar que essa sinopse não diz lá muita coisa. rsrsrs – O filme não tem grandes atores (apesar de ter certeza de já ter visto a atriz em algum outro filme, mas não descobri em qual). A estética é bem jovem, lembra um pouco até a linguagem de alguns tipos de edição de vídeos no Youtube.

Tem um desenrolar bem rápido, e muitas sacadinhas nas falas. Agora o que fiquei chocada é com a altura do ator principal – achei desnecessário.  kkkkkk

Achei esse filme super lindinhos, cheio de momentos com reflexões importantes para qualquer adolescente, que sá adulto também. Afinal, quem nunca passou por situações em que deve abdicar de uma coisa para conquistar outra, ou então passou por situações de anulação do seu eu para viver o que o outro quer que a gente viva? Pois é, esse filme traz bastante isso. Então apesar de bobo tem suas reflexões. : p

O filme é uma produção original Netflix. ❤

Anúncios

Massas Artesanais: comida local

Um dos meus maiores prazer com toda certeza é comer. E é sempre bom conhecer lugares novos né?

Já fazia um tempo que queria conhecer o Amarone Massas Artesanais. Eles têm uma lojinha em Setúbal onde vendem diversas massas artesanais, vinhos, entradas e molhos, eu sempre passava mas nunca entrava. Mas aí na véspera de ano novo decidi ir lá conferir. Descobri que na hora da compra há duas formas: comprar congelado (a massa) ou então levar seu refratário e eles já montam. A segunda opção é um pouquinho mais cara do que comprar tudo separado.

Eu comprei as brusquetas de tomate seco e os rotolonis de espinafre com tomate seco. Comprei também molho ao sugo e branco. É preciso dizer: tava delicioso. E foi super fácil de montar em casa.

Acho uma opção perfeita para datas especiais. Deu mais ou menos 60 reais tudo, ou seja, mais ou menos o preço de sair pra jantar. E considerando o quão caro pode ser, fica até mais barato essa opção né?!

Serviço:

Rua Prof Augusto Lins e Silva, 159 (próximo ao colégio Americano), Setúbal

👉🏼 Insta @amoronemassas

http://www.ammarone.com.br/

E aí amores, tem algum lugar em Recife pra indicar? Beijinhos e até a próxima. ☺️

Luminus Hair: Dica de vitamina

Em 2016 fiz muitas cagadas capilares e em 2017 passei o ano tentando arrumar. Mas claro que nem tudo foi flores e como odeio cabelo com pontas feiosas decide meio que por impulso cortar ele. Mas miga, se arrependimento mata-se eu tava mortinha.

Eu NUNCA fui apegada a cabelo, mas pela primeira vez me arrependi. E por isso decidi apelar para tudo o que eu pudesse fazer. E isso incluiu testar essas vitaminas que todo mundo fala. O medo era grande, afinal não é nada barato. Mas apostei.

Para ficar um pouco mais barato comprei junto com minha amiga Kalinna  o pacote com 6 frascos, cada uma ficou com 3. No início do tratamento eu estava com 11cm de cabelo, e até dezembro eu cheguei a 15cm. Cheguei nesse tamanho usando 2 frascos, e dei uma pausa por conta da viagem, não queria me preocupar com isso lá né.

Preciso dizer que achei o resultado muito bom, claro que cada cabelo tem seu próprio crescimento. O meu mesmo, cresce meio centimetro por mês. Ou seja, ia crescer essa quantidade em 8 meses e levei só 2 meses.

Nas fotos fica bem claro esse crescimento:

Antes – cabelo acima do ombro

Depois – cabelo abaixo do ombro

Claro que a gente queria que crescesse ainda mais. Porém nada faz tanto milagre né. Até porque o crescimento do cabelo tá muito atrelado ao nosso estilo de vida. Quanto de água bebemos, o que comemos. E o meu é péssimo. 👎🏼 😩

Mas quem sabe isso muda um dia né?! Torcemos pra que sim.

Os resultados de Kalinna por enquanto são esses. Ela ainda deve tomar até o final de janeiro.

img_2131

Sobre o produto:

Diferentemente da maioria dos produtos capilares, Luminus Hair trata de dentro para fora dando ao seu cabelo os nutrientes necessários para que esteja mais saudável. Nossa fórmula exclusiva tem produzido grandes resultados para as pessoas que o utilizam. Você vai sentir seus cabelos com um crescimento saudável, abundante, longo, brilhante, hidratado e rápido. E também ajuda no fortalecimento e crescimento das unhas! Serve para todos os tipos de cabelos.

camila

Como funciona?

Ele fortace os fios de dentro pra fora, fazendo com que o nosso cabelo cresça mais rápido. Ele traz também mais volume, pois o fio da aquela encorpada. E também diminui a queda.

Você deve tomar todos os dias pela manhã, antes da primeira refeição. 😉

camila 2 Para conhecer mais e saber preços e pacotes deixo o site aqui pra vocês: Luminus HairAgora gente eu quero saber, o que vocês usam? Arriscariam? Eu quero depois voltar a usar, mas mais pra frente. Eu curti o resultado e ele pra ajudar não tem um gosto muito ruim. rsrsrs

Beijinhos e até a próxima. ❤

O que comer em Orlando

Eis que chego para falar sobre mais um item da viagem dos sonhos. Hoje o tema é C.O.M.I.D.A, item super importante né? Mas claro que por aqui já rolou outras infos legais: Passaporte e Visto: dicas e links úteis – Voando pela Azul – Realizando sonhos: #partiu Disney – Elis o Filme – Resenha – Todos eles com informações, dicas ou um pouco de conversa né?! Ah! Não esqueça de ver o Vlog, tá incrível.

Um item que nós achávamos que iriamos economizar na viagem seria a comida. A maioria das opções de comida em Orlando mais em conta sempre era fast-food.

Comer porcaria não foi nenhum sacrifício, e aproveitamos para conhecer vários restaurantes que ainda não tínhamos conhecido. Mas tudo tem seu limite.

No primeiro dia fomos direto às compras e por isso comemos no Outlet Premium, Mozão escolheu o FiveGuys que ele queria conhecer muito e pagou 15 dólares, já meu cunhado, Luis, e eu optamos por algo que tivesse mais quantidade e menos preço, e por isso paramos em um chinês e pagamos por um prato de macarrão + duas guarnições 8 dólares.

No segundo dia o café da manhã foi por conta de uma promoção (que explico melhor depois) e por isso não pagamos, foi massa porque foi bem típico.

Uma das combinações que mais fiz nos cafés da manhã nesta viagem foi misturar mel (aquele típico americano) com bacon. Nossa senhora, pense na perdição.

Pra facilitar e diminuir esse post – rsrsrs- vou listar tudo o que eu lembrar pelos horários que comemos. Então vamos lá?

Café da manhã:

  • Farmácia Wallgreen:

Essa farmácia ficava perto do hotel. Eu e meu boy dividimos um sanduíche italiano de 4 dólares + um expresso gelado da Dunking Dunnuts, nossa amei de verdade.

  • Ponderosa:

Com toda a certeza essa é a opção quando relacionamos custo x benefício que mais valeu a pena. Lá você paga 8 dólares pelo buffet livre + bebida que era em torno de 2 dólares ( a vontade). Mas se você não quiser pode ficar só na água de graça.

O buffet tinha uma variedade bem grande com doces, salgados e até mesmo comida tipo salada, arroz, feijão. Pra que gosta de omelete ou ovo frito eles faziam na hora também da maneira que a pessoa gosta. Pra quem come muito esse restaurante vale super, já que você consegue ficar com o bucho cheio durante boa parte do dia. 😝

  • IHOP:

Conhecemos ele nos últimos dias de viagem (já estávamos enjoados das outras opções) e preciso dizer: que descoberta.

Lá as opções são a la carte, mas com combos que servem muito bem. O forte da casa são aquelas panquecas americanas. O café você paga em torno de 2 dólares e ficam te servindo a vontade.

6b8a8cd8-20a5-4c98-862f-ab453e94f67a

Os combos no IHOP ficavam em torno de 15 dólares por pessoa. E além de ter opções com panqueca tinham outras que eram sanduíche e, ovos, bacon, linguiça. Tudo bem típico.

Almoço:

  • Taco Bell:

Opção gostosa pra conhecer, porém não vá com muita fome. Só o burrito Xxl é realmente “grandinho”. Gastamos em média de 6 dólares por pessoa.

  • KFC

Jurávamos que iriamos muito no KFC, já que ele estava localizado ao lado do nosso hotel e ainda era 24 horas. Porém a experiência não foi lá essas coisas e mesmo dando 13 dólares para os três, confesso que achei muita gordura e no final constatamos que era pouca comida. Mas era gostoso.

A parte engraçada foi engraçado na hora de escolher o refrigerante, escolhemos tudo errado um parecia água com gás e outro sabor parecia halls – ecaaaaaa.

Jantar

  • Pizza: perto do hotel tinha vários opções de pizza, em três ocasiões esse foi nosso prato, mas optamos por ir em lugares diferentes

Halal e Brodway foram outras duas opções bem coladas no hotel. Descobrimos que nos EUA eles preferem a pizza super fina, mas nesses pizzarias eles vendem também a opção grossa. Na Broadway New York Pizza compramos uma pizza grande de pepperoni + refri de 2 litros e deu 20 dólares. Foi caro, mas encheu muitooooooo o bucho. 😬

Pizza Hut: vimos uma promoção na tv que eles tinham pizza por 8 dólares então é claro que tínhamos que ir (ah! Se a gente soubesse antes). Chegando lá descobrimos que era apenas para viagem. Mas pedimos mesmo assim. Lá em Orlando era possível montar a sua pizza, o que não acontece aqui no Brasil e achei mara. Porque fizemos um sabor único. 😂

Não rolou foto porque comemos numa praça no meio da rua. 😝 #somosousados

  • Mc Donalds

Com toda certeza as opções com melhor custo benefícios foram os fast food clássicos como a Mc Donalds que dava 13 dólares para os 3 e comemos bem. Agora migos algo a declarar: o gosto não é tão parecido e muito menos as opções de cardápio. Ah! E o café da manhã não é barato igual aqui no Brasil. Chegamos a ir no Burguer King também o preço foi bom e o gosto era mais parecido.

O lance mais vantagem de qualquer desses fast food era a bebida. Comprávamos apenas 1 para os 3 e assim economizávamos.

16a5cc2c-5c40-4333-b2cc-6fa5288bd63e17e65b0e-985a-4617-a15c-26c4e166272c

Nos parques

A gente tentou ao máximo não comer muito nos parques, mas em alguns momentos não foi possível. Infelizmente acabei não tirando foto de tudo, mas vou listar tudo o que lembrar.

  • Epcot: Com toda a certeza foi o lugar que melhor comemos quando falamos de parques. Escolhemos ir na parte Alemã, e lá compramos 3 hot dog + refrigerante + mega pretzzel = tudo deu 35 dólares para 3 pessoas. Apesar de caro ficamos bem satisfeitos e estava delicioso.

45d10fa2-057c-4794-8700-1f92743c4e5f

  • Hollywood Studios: O lanche por lá também foi bem gostoso. Fomos num local chamado Pizzaria Rizzo (próximo ao local onde tem os Smurfs) e lá tinha opções de pizza individual, infantil e salada. A pizza vinha também com uma mini salada. E gente era bem gostoso. Tudo de uns 30 dólares (o casal).

img_1058

  • Universal: No parque da universal comemos apenas 1 dia e fomos de fast food, no restaurante do Krusty. Eu peguei um sanduíche de costela que estava deliciosa, já Zé pegou um hambúrguer bem grande, porém ele não gostou do sabor, disse que tinha gosto de carne industrializada. Não lembro ao certo o valor, mas para duas pessoas saiu em torno de 30 dólares.

img_1520

No Animal Kindong comemos num restaurante chinês que foi bem mais ou menos, era caro e vinha pouco não recomendo comer neste parque.

Lanches

Claro que não era só de refeições que a gente vivia né? rsrs

Logo no primeiro dia inventamos de comprar um sacão de nachos + um molho apimentado. Era gostoso, mas praticamente não comemos. O que a gente realmente comeu bastante de lanche foram com doces.

Eu, por exemplo amei o biscoito de brownie e o biscoito Milano, ambos era vendidos na farmácia do Walggrens e custam em média de 4 dólares (acho que até menos). O café escolha sempre que possível Starbucks, é mais caro, porém é gostoso. O café da Disney é péssimo, mas é barato, mas era tão ruim que não sei se vale nem pra esquentar a alma. rsrsrs

  • Cinnabon

Eu conheci esse lugar num programa de televisão, e por ser louca por canela queria muito experimentar. Fomos na loja que tem na Universal Studios, os preços por lá são bem acessíveis, pelo que lembro era menos e 10 dólares um combo com 1 Cinnamon + bebida. E ele é beeeem grande e enche bem rápido. Mas uma dica: experimente o clássico, é bem mais gostoso que o Cinnamon Pecan (achei super enjoativo).

Agora preciso confessar, meu estomago estava já tão prejudicado de tanta besteira, que depois que comi esse doce passei mal pelo resto da viagem. Ainda bem que comi já nos últimos dias, porque pesou e muito. 😦

Bom gente, depois desse post quilométrico fico por aqui. Creio que apresentei tudo que conseguimos comer pela viagem. rsrsrs Mas se você quiser saber algo que esqueci de comentar, tiver alguma dúvida. Pode gritar que eu tento ajudar.

Beijinhos e até mais! ❤

Passaporte e Visto: dicas e links úteis

Hoje começa nosso especial de viagens, como fui pra Orlando recentemente decidi compartilhar com vocês vários detalhes. E para começar os detalhes essenciais para fazer uma viagem internacional: Passaporte e Visto Americano.

Então vamos lá?!

Passaporte: 

O meu passaporte eu tirei faz uns 2 anos para a viagem de Buenos Aires (não precisa, mas era melhor que fazer identidade nova) na época lembro que foi fácil, só precisou de um catatau de documentos e chegou dentro de 1 mês. Mas recentemente saiu uma matéria dizendo que a quantidade de documentos irão diminuir.

Mas se você ainda não tem o passaporte, recomendo entrar neste site: Viagem e Turismo lá eles mostram todos os passos. 😉

9a47429e-cdbd-4ff1-8739-3021b3b7e191

Visto Americano:

O visto demoramos pra fazer, um pouco por medo de gastar dinheiro e de não conseguir. Você paga US$ 160 (cerca de 500 reais dependendo do valor do dólar) pelo visto B1/B2 (de turismo) para fazer algo que não sabe se vai rolar. Tenso né?! 😑

A primeira parte do visto é preencher um formulário bem grande pela internet: o Formulário DS-160, que inclusive é diferente para homens e mulheres, e depois você efetua o pagamento que pode ser via cartão ou boleto. Só após a compensação é que você pode agendar a foto e a entrevista. Essas etapas são feitas separavas e você só faz a entrevista se tiver feito a foto. Depois do pagamento esse processo durou uma semana. E foi muito mais simples do que eu esperava e quando sai do consulado até chorei 😂

Para fazer a primeira etapa nos guiamos por um site que explica TUDO, recomendo fazerem o mesmo: Solicitando Visto

  • Sobre a foto: A foto é o primeiro passo para conseguir o visto. No local não irão fazer perguntas, o foco é apenas a foto. É muito rápido. Nós levamos a documentação, porém nem pediram. Acho que só pediram comprovante de endereço. Outra questão importante é: na hora de receber o passaporte com o visto coloque para retirar em mãos, caso more na cidade do consulado, pois pode acontecer imprevisto. 😉
  • Sobre a entrevista:

Você só consegue marcar a entrevista após tirar a foto. Chegamos 10 minutos antes da hora marcada e conseguimos já entrar. Como eu e Zé moramos juntos (mesmo ainda não estando oficialmente casados) eles consideram a gente família e por isso fizemos a entrevista juntos. Ela perguntou basicamente a mesma coisa do site com a única diferença que na hora ela perguntou nosso salário líquido e no site foi o bruto. Esse processo não durou mais que 10 minutos e não pediu nenhum documento (apesar da gente ter levando um mói 😝). Você sendo aprovado eles ficam com seu passaporte e depois você vai buscar o documento.

Nessas duas fases não adianta chegar muito tempo antes e nem leve muito eletrônico e bolsas porque não entra com nada disso. Só leve a documentação.

Como vocês puderam ver na foto, eu usei um suporte passaporte, porém na hora de passar na imigração tanto no ida quanto na volta foi necessário retirar.

Bom gente, acho que seriam isso. Gostaram? Ainda tem alguma dúvida? Podem falar que se eu souber respondo. ❤

Primeira vez em São Paulo

Sempre tive a sensação que São Paulo seria um local no qual eu iria me apaixonar. E advinha? Eu estava absolutamente certa!

Gente do céu, pense num lugar do Brasil que a Camilinha aqui era louca pra conhecer, mas a oportunidade NUNCA surgia. Sempre tive a sensação que São Paulo seria um local no qual eu iria me apaixonar. E adivinha? Eu estava absolutamente certa!

São Paulo foi feita pra mim. ❤

E hoje mais do que nunca eu tenho certeza. Acho que inclusive um dia ainda irei morar lá. hahaha Sonhar não custa!

Bom, a oportunidade irrecusável de ir pra São Paulo veio quando mame poderosa, que agora mora no Rio Grande do Sul, me disse que iria pra Sampa em setembro e meu antigo chefe (é, eu mudei de Job, depois conto) falou que estaria rolando um evento de comunicação free. Aí gente, como recusar? Uma viagem 3 em 1: matar a saudade de mame (e de uma pequena parte da família), participar de cursos de GRAÇA, e ainda conhecer um novo lugar. Perfeito né?!

Agora nem tudo nessa vida pode ser perfeito, e como a grana era curta não rolava ficar muitos dias por lá, então tive que dar aquela rebolada pra conhecer alguns lugares e ainda dar atenção a família e amigos. rsrs Ah! E estudar, claro!

Roteiro: viagem de 5 dias.

  • Primeiro dia:

Cheguei em São Paulo por volta das 10h da manhã, e levei um pequeno chá de cadeira da minha prima. rrsrs – Depois do aeroporto, passamos em uma padaria para fazer um lanche, e seguimos para o Museu da America Latina, para ver a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum (vocês podem conferir mais no Blog da Cyn – em breve).  Só de chegar em Sampa minha sinusite atacou valendoooo, penso num lugar seco com mistura de abafado. Esse clima misturado com fome por motivos de: voltei do passeio direto pro evento e fiquei em palestra até às 20h da noite SEM JANTAR. Acabei passando mal (leia-se vomitei valendo) e nem pude aproveitar meu jantar, um hambúrguer que tava com uma cara deliciosa.

Serviço do dia: 1256 Sandwich House

Detalhe MAIS LINDO DO DIA: Conheci 2 meninas mais que especiais, a Cyn e a Carol, e nessa viagem a gente fez o bonde dos 3CemSampa rsrsrs. Estudamos e conhecemos o que foi possível de São Paulo.

  • Segundo dia:

Bom, no segundo dia eu e as meninas estavamos dividas em conhecer São Paulo e estudar. Ah! E eu fui preparada para me alimentar bem o dia todo. HAHAHAHA

O meu dia começou eu indo para o evento de Trem e Metro (tinha que ir de São Caetano para Vila Mariana), pense na aventura. Mas era mais fácil do que eu pensava. Pela manhã assistimos as palestras e na hora do almoço fomos nos aventurar na Oscar Freire.

Para o almoço a Cyndria escolheu o Cabana Burguer por motivos de: as fotos do Insta deles é de dar água na boca. As bebidas também são deliciosas, eu pedi um Hibiscus Pink Limonade só porque achei demais a combinação de: suco de limão, chá de hibisco e especiarias com gás (o meu é o rosa na foto lá embaixo).

Depois da comilança sem fim (eu e Carol pedimos comida demais, esse hambúrguer é tão grande quanto você imagina) decidimos dar uma passeada rápida pela Oscar Freire, porém a gente ficou tão apaixonadinhas pelo lugar que acabamos demorando um tiquinho.

Serviço: Muitas infos sobre o Cabana no Blog da Cyn.

Paramos em dois lugares pra lá de M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O.S: A Galeria Melissa e a Carlo’s Bake Brasil. Como boa Melisseira que sou fiquei apenas xonadinha pela Galeria, e ainda dei de influenciadora e fiz as meninas saírem de Melissa no pé. Ah! Quase fiz a Carol morrer de susto achando que eu ia ser atropelada tamanha foi a emoção quando reconheci o lugar. rsrs

A parada na doceria foi pra lá de engraçada, pena que esqueci de salvar os Stories, a gente riu demais por lá fazendo de conta que o Buddy estava lá. kkkkkk – E obviamente saímos de lá recheadas de doces. :p

E pra fechar esse dias a gente deu uma passeada pela Av. Paulista para fazer C.O.M.P.R.A.S. Eu até me segurei, mas saí de lá com um moletom da Forever 21, uma blusa pra Mozão e um trequinho de colocar na cabeça pra lavar o rosto e não molhar o cabelo (que explicação longa. kkkk)

  • Terceiro dia:

O terceiro dia para vocês será o quarto, porque o que fiz nesse dia estará no Blog da Cyn. 😉

No sábado foi dia de conhecer o básico de Sampa: 25 de março, Mercado Público e a Liberdade. Nesse dia fiquei impressionada com duas coisas:

  1. O metrô tem muitos andares e saídas;
  2. A 25 tem muitaaaaaaaaaa gente circulando, tive até um pouco de claustofobia e quase não andei nas lojas. Os únicos garimpos foram 2 chokers.

Depois desse momento desespero eu e mame fomos almoçar no Mercado Municipal, e pedimos o tradicional pão com mortadela (não resisti e pedi com Gongorzola, delicioso), achei o lugar ótimo pra fazer lanches e curtir um pouco do dia a dia da cidade.

A Liberdade foi uma super novela pra chegar (o Uber se perdeu rsrs), que resultou numa super fome. Eu e mame decidimos comer um Yakisoba a escolha foi bem aleatória, estava ok. Nada de especial. Por conta da demora pra chegar não tivemos muito tempo para passear por lá. Aproveitei as dicas que a Karol Pinheiro deu e comprei poucos itens de maquiagem (basicamente pincéis rsrs).

  • Último dia:

Pra finalizar minha estadia não poderia faltar o passeio na Av. Paulista no domingo. Acordei bem cedinho e cheguei por lá antes mesmo da movimentação começar. Pelo que notei começa depois das 9:30h. Aproveitei esse tempo pra conhecer a região dando aquela andada básica, e fui parar na Oscar Freire – hehehe – aí aproveite para comprar uns docinhos pra Mozão na Carlos Baker. E não podia faltar um café da manhã na Starbucks.

Momento de gordice a parte a Av. Paulista na ativa é linda demais, tem música pra tudo quanto é lado, tem aulão de Zumba em frente a um Shopping. Tem comércio ao ar livre, e gente de tudo quanto é tipo. É lindo de ver!

Eu podia ainda ficar falando milhões de coisas e mais detalhes sobre essa viagem, mas aí vocês iam terminar de me matar porque tá grandão esse post né? Então vamos fazer assim: se quiserem mais dicas vocês perguntam e eu respondo nos comentários. 😉