Resenha: Extraordinário O Filme

Eu estava numa expectativa muito grande para assistir o filme Extraordinário. O livro tinha sido incrível e quando eu vi o elenco do filme logo vi que seria maravilhoso também. – Pra quem não sabe o filme é estralado por nada mais nada menos que Julia Roberts e Owen Wilson.

Eu tava super acompanhando as infos sobre o lançamento e jurava que seria lançado no Brasil em novembro. Mas advinha? Foi só em dezembro. 😂 Com isso, jurei que não ia rolar assistir e fiquei tristinha. Mas os migos deram o grito e avisaram que ainda estava em cartaz depois que voltei de viagem. Então corri pro cinema.

Sinopse:

Auggie Pullman é um garoto que nasceu com uma deformidade facial, o que fez com que passasse por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele irá frequentar uma escola regular, como qualquer outra criança, pela primeira vez. No quinto ano, ele precisa se esforçar para conseguir se encaixar em sua nova realidade.

Consegui arrastar a minha florzinha Kalinna pra assistir essa lindeza comigo. Como exagerada que somos pedimos um mega potão de pipoca e refrigerante. Consequência? Tive que sair numa parte do filme pra fazer xixi 🤦🏼‍♀️. Mas tudo bem porque eu sabia o que ia acontecer (é bem parecido com o que acontece no livro). 😝. E mesmo saindo, não perdi o time do filme e chorei claro!

Opinião Sincera:

Como eu disse, achei que o filme correspondeu e muito a história do filme. A personagem Ve demonstrou toda a profundidade que ela tem, e o Auggie mostrou como a maldade não existe na cabeça das crianças, mas sim que é ensinado a elas.

Pra mim, esse filme/livro nos mostra que precisamos olhar melhor uns para os outros. Que precisamos aprender o que realmente é importante para nós, nos doar uns aos outros, e nos permitir viver. Independente do que as pessoas possam pensam sobre nós.

Mais sobre o livro: Resenha: Extraordinário

Anúncios

Resenha: Extraordinário

Oi, gente. Tudo bem com vocês? Preciso dizer: Finalmente terminei o último livro de 2016 (para ser exata terminei dia 17/01). Dei uma super enrolada pra terminar o livro Extraordinário, pelo simples fato que estou sem nenhum outro livro para ler (os novos só chegam em fevereiro 🙁).

Faz um tempinho que tinha curiosidade em ler “Extraordinário”, e nossa! Que livro mais lindo, gente. Delicado, e cheio de mensagens importantes. A leitura é super leve, e ao longo do livro você vai compreendendo bem sobre o que o livro deseja passar.

O livro começa mostrando a visão da vida do personagem principal, e no decorrer das páginas podemos também ver outros pontos de vista sobre a mesma questão: como viver com sua estranheza e ainda ficar dividido entre ser aceito ou ser gentil. Garanto que tudo é bem mais profundo, mas como esse livro merece que todos leiam não vou me estender muito.

Apenas vou enfatizar uma frase do livro: “Vamos ser mais gentil que o necessário?” Gente, essa frase me atingiu em cheio, pois vamos ser sinceros o mundo está precisando de mais pessoas gentis, só o básico da gentileza não está surtindo efeito. E me fez refletir muito sobre como quero ser, sobre o que sinto, sobre como devo me portar e me importar, e até com o que não devo me importar. Enfim, muitas lições.

Sinopse:

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade – até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente – convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Serviço: O livro é da autora R.J. Palacio e é publicado pela Editora Intrínseca. E está saindo em média por R$ 19,90. 

Bom amores, por hoje é só. Espero que gostem do livro, e quero saber a opinião de vocês. 😘😘😘