Carta para o Ano Novo

Querido Ano Novo!

Este novo ano prometo que não prometerei mais nada. Afinal a vida seria muito sem graça se não houvessem as mudanças de percurso. E em 2015 o senhor caprichou, não é mesmo?

Ano Novo

Comecei a malhar muitas vezes, e a comer cada dia mais – eita ansiedade malvada. Consegui depois de muita luta a voltar para o mercado de trabalho, e consequentemente o tempo ficou escasso. Postar por aqui ficou bem complicado, mas juntei todas as forças e consegui. Claro queria ter feito muitas coisas diferentes, mais legais, Continue Lendo “Carta para o Ano Novo”

Anúncios