Tag: Minha história em 10 músicas.

Gente linda, elegante e sincera, hoje eu vim correndo fazer esse post pra vocês, porque na verdade fiquei morrendo de vontade de imitar a Jacque do Cansei de Lavanda quando li a lista dela. Só que eu até comentei lá na Page dela que não conseguiria fazer uma lista tão legal assim.

Ai matutei bastante e percebi que o problema era os temas da lista e decidi então que iria fazer a minha própria lista. HA!! Assim seria beeeem mais fácil e até divertido, vamos conferir? rsrsrs

Simboraa apertar o play
Simboraa apertar o play

1 – Uma música que faz parte de mim:

Camilaaaaa, Camilaaa, Camila…. Acertou já qual era né? Pois é, é inevitável todo mundo canta essa música quando me conhece, e ai eu conto que é por conta dessa música que eu tenho o nome Camila, ai a piedade perde a graça. :p

Ps: Meu nome ia ser Renata ou Larrisa. Vamos combinar que nenhum desses dois nomes combinam comigo, né?!

2 – Uma música que me lembra a infância:

Gente eu sofria muito bullying na infância, ou por conta da minha testa pequeninha, ou por conta do meu querido nome. A galera adorava me chamar de “camelo” ou cantar músicas substituindo o meu nome. E a mais cantada era a música dos Mamonas Assassinas – ai eles cantavam assim ” Mila seu cabelo é da hora, seu corpão violão…” e assim ia. rsrsrs. Mas apesar do bullying eu lembro que adorava muito eles, e que chorei muito quando eles morreram. 😦

3 – Uma música que lembra minha pré-adolescência:

sandy-e-junior-oImpossível não falar de Sandy e Junior no geral, todas as músicas gente, sou muitooo fã deles até hoje, e continuo acompanhando eles no que eles fazem. Mas além deles eu adorava a maioria das boys bands da época e a mais especial delas eram as Spice Girls – eu lembro que eu fazia coreografias com minha prima Ale. Aiii gente bons tempos esses. Então em homenagem a ela, vou deixar vocês escutando as divas pop  da minha infância.

4 – Uma música que lembra minha adolescência:

Pra quem não sabe eu me mudei para Recife eu tinha 13 para 14 anos, e principalmente no meu primeiro ano eu só queria saber de voltar pro Sul. E toda vez que escutada “Deu pra ti baixo astral, vou pra Porto Alegre tchauuu” fazia tanto sentido, porque a vontade era de sair correndo de volta pra lá. Hoje já não sou assim tão apegada a um lugar, e nem muito as pessoas, afinal temos que seguir o caminho que for necessário para crescer e ser feliz.

 5  – Uma música que remete minha mutação capilar ao longo dos anos:

Gente, desde que escutei essa música pela primeira vez achei minha cara – kkkkkk tendo crise de riso – é sério gente, meu cabelo sempre refletiu meu estado de espirito, e antes de encontrar minha cara metade, sempre que queria exorcizar o possado, adivinha o que fazia? Pintava o cabelo, claro. Hoje as mudanças são mais leves, porque mudo por que quero e gosto. Mas continuo achando essa música a cara do meu cabelo :p

 6 – Uma música que me lembra quando morei no Rio de Janeiro:

É gente eu morei no Rio durante 6 meses. Além do CD de Maria Rita, que ela canta músicas mais no estilo samba, a música do Nando Reis – Não vou me Adaptar é a que me lembra mais profundamente dessa época, quando decidir voltar para Recife, escutava sempre ele.

 7 – Uma música que me lembra o meu início do meu namoro:

Bom, tem uma música que até hoje não sei qual é só sei o refrão “Chega de bobeira e vem me dar um beijo…” essa foi a música do primeiro beijo gente – Oowwnnn – Mas a música que representa para mim o que eu sentia no começo e até hoje é a música Sem Jeito, da Sandy. Gente, ela é minha cara, a pessoa aqui começa pelo fim, sonha acordada, sem nem mesmo saber se daria certo. Mas eu já queria que desse, sabia que ele era o amor da minha vida. E sempre será.

8 – Uma música que me inspira:

Com toda a certeza é a música Não Deixe de Sonhar, de Chimarruts. Sou fã deles desde sempre, e desdo dia que escutei pela primeira vez essa música, uso ela como lema de vida. Nunca deixar de sonhar e de sorrir, porque ninguém vai fazer isso pela gente.

9 – Uma música quem me faz lembrar de onde eu sou:

Aaaaa quando escuto sempre canto bem alto, e lembro de todos os momentos bons que vivi na minha terra, das minhas tradições, da dança, dos amigos.

10 – Uma música que me representa:

E mais uma vez Sandy aparecendo aqui, e dessa vez ela vem fechar o meu Top 10. Essa música representa tudo o que desejo, sinto, e penso.

“Tão comum errar ao conjugar o verbo querer, tão comum errar, errar e errar de novo…”

Boooom meu povo acabouuu a listinha nada pequena. Quero saber agora qual é a de vocês? Se fizerem me mandem quero ver. :*

giphy
ACABOUUUUUUU, ACABOUUUU
Anúncios

Autor: Camila Gomes

Pisciana, gaúcha que mora em Recife há mais de 10 anos. Publicitária, fotógrafa e Social Media. Adora moda, mas não tem paciência para sair todo dia arrumadinha. É viciada em seriados e livros, e no tempo livre não desgruda do seu namorado.

3 comentários em “Tag: Minha história em 10 músicas.”

  1. Eu não conhecia as músicas de Sandy, gostei muito! Sempre achei ela meio chata (apesar de ser fã quando era noma) aí agora deu vontade de conhecer mais! Adorei os clássicos da adolescência aí hein? Spice ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s